Quanto vale seu carro?

Antes de adquirir um seguro de automóveis, o corretor afirma que o seu carro vale, por exemplo, 10 000 reais. O problema é que muitas vezes ele pode supervalorizá-lo, sem que você se dê conta. Resultado: o preço do seguro sobe. Para evitar que isso ocorra, consulte uma concessionária, um profissional de sua confiança, jornais e revistas especializados no assunto e mostre pelo menos três anúncios ao corretor.

Há outro problema: se seu carro vale 10 000 reais hoje, daqui a alguns meses ele valerá menos. O que acontece é que o reembolso do seguro não acompanha essa diminuição. Ou seja, no caso de colisão ou de roubo, a seguradora vai pagar só o valor de mercado do automóvel.

Resumo: apesar de você continuar pagando o valor inicial, o carro vale menos e a empresa está gastando menos com você. A saída? Solicite, então, uma reavaliação do valor do carro de tempos em tempos. Desse modo, você pode pedir o ressarcimento da empresa (caso já tenha pago o valor total do seguro) ou a diminuição do valor do prêmio.

Fonte: IGF

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

(<) Índice

Sabe Seguros Administradora e Corretora. ©2008